A ILC na Feira do Livro de Lisboa — 2019

A ILC continua “na estrada”, em plena campanha de recolha de assinaturas. Quem passou pelo Cais do Sodré na semana passada talvez se tenha cruzado com um dos nossos pontos de recolha. Estas recolhas pontuais são importantes, tendo em conta que acontecem em vários pontos do país e assinalam a presença constante da ILC. Mas a verdadeira “época alta”, digamos assim, começou agora. Referimo-nos à abertura da 89ª Edição da Feira do Livro de Lisboa.

A ILC no Cais do Sodré

Como certamente se recordarão, foi na Feira do Livro do ano passado que esta ILC conheceu um impulso decisivo, na recta final para as 20.000 assinaturas. Em apenas 13 dias conseguiram-se mais de 2.000 novas subscrições, com destaque para o extraordinário dia 9 de Junho de 2018 — nesse único dia recolheram-se novas 500 assinaturas.

Este ano voltamos a contar com o precioso apoio da Editora Gradiva. Se possível, o grau de compromisso da Gradiva com esta Iniciativa é ainda maior, com a execução de um cartaz e com a participação activa na divulgação da nossa presença na Feira do Livro.

Apesar de tudo, as circunstâncias são agora um bocadinho diferentes. A ILC reuniu já mais de 20.000 assinaturas e deu já entrada na Assembleia da República, dando origem ao Projecto de Lei 1195/XIII. Sendo a ILC já uma realidade, a recolha de assinaturas deste ano pretende, desde logo, antecipar a eventual invalidação de assinaturas “na secretaria”, em virtude da acção fiscalizadora do Parlamento. Mas também, e acima de tudo, garantir uma maior representatividade e um maior peso político desta ILC no momento em que for apreciada no Plenário.

Dia 29 / Dia 30 — os dois primeiros dias da ILC na Feira do Livro

O convite aqui fica: se ainda não subscreveu a ILC contra o Acordo Ortográfico ainda está a tempo de o fazer. Visite-nos nos pavilhões da Gradiva / Sinais de Fogo ao longo destes próximos dias e dê-nos o seu apoio e a sua assinatura nesta luta. Contamos consigo.

Nota: Pavilhões da Gradiva: C64, C66 e C68. Pavilhão da Sinais de Fogo: C17.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2019/06/01/a-ilc-na-feira-do-livro-de-lisboa-2019/

1 comentário

    • Maria José Abranches G. dos Santos on 1 Junho, 2019 at 15:27
    • Responder

    Não posso deixar de agradecer às editoras Gradiva e Sinais de Fogo o seu apoio na divulgação e recolha de assinaturas para esta ‘nossa’ Iniciativa Legislativa de Cidadãos! O AO90 é, do ponto de vista linguístico, uma fraude e, do ponto de vista político, um crime! E isto é evidente para todos os que sabem alguma coisa da língua portuguesa e dos fundamentais valores democráticos. E é urgente que aqueles que sabem o que realmente está em causa se manifestem em voz alta e publicamente! A democracia é muito exigente, e conta com a nossa lucidez, a nossa independência e a nossa coragem quotidianas! E não adianta tentar celebrar o centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen, se não não se entende a sua mensagem fundamental sobre o valor e o significado da “Palavra”:

    «Com fúria e raiva

    Com fúria e raiva acuso o demagogo/
    E o seu capitalismo das palavras/

    Pois é preciso saber que a palavra é sagrada/
    Que de longe muito longe um povo a trouxe/
    E nela pôs sua alma confiada/

    De longe muito longe desde o início/
    O homem soube de si pela palavra/
    E nomeou a pedra a flor a água/
    E tudo emergiu porque ele disse/

    Com fúria e raiva acuso o demagogo/
    Que se promove à sombra da palavra/
    E da palavra faz poder e jogo/
    E transforma as palavras em moeda/
    Como se fez com o trigo e com a terra»

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.