Tag: Assembleia da República

Os meados do mês não são os miados do gato [Nuno Pacheco, PÚBLICO, 20.9.2018]

Começou esta semana mais um ano lectivo sem que se tenha alterado uma vírgula nesse monumento à incompetência que é o acordo ortográfico de 1990 (AO90). Promessas de rectificações ou melhoramentos ficaram no limbo, a comissão parlamentar que andou a seguir o assunto ainda não apresentou o relatório final (e seria bom que o fizesse …

Continue reading

Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2018/09/20/os-meados-do-mes-nao-sao-os-miados-do-gato-nuno-pacheco-publico-20-9-2018/

Polícia manda fechar “banca” da ILC-AO na Feira do Livro do Porto

É no mínimo irónico que a Câmara Municipal do Porto tenha decidido homenagear um combatente da Liberdade na edição deste ano da Feira do Livro da “invicta”. Liberdade foi tudo o que não houve ontem, dia 12 de Setembro, quando três elementos da Polícia Municipal cercaram a “banca” da ILC contra o Acordo Ortográfico, obrigando …

Continue reading

Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2018/09/13/policia-manda-fechar-banca-da-ilc-ao-na-feira-do-livro-do-porto/

Os fora-da-lei

O relato que se segue, escrito na primeira pessoa do singular, foi-nos enviado por uma das pessoas que se voluntariaram para recolher subscrições da ILC-AO na Feira do Livro do Porto de 2018, à semelhança do que já tinha sucedido em eventos similares dos quais temos dado aqui igualmente conta. O texto refere uma ocorrência …

Continue reading

Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2018/09/13/os-fora-da-lei/

Cem palavras

   Ali estava eu, em pleno centro de Braga, sozinha no meio da rua, com esta mesa de campismo, com estes cartazes, com estes papeis, e sobretudo com esta fé inabalável: uma única assinatura e já valeu a pena ter vindo. Ao que parece, nunca ninguém tinha tentado fazer isto… Pois rapidamente fiquei sem palavras. …

Continue reading

Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2018/07/03/cem-palavras/

“Um acto de resistência” (por Maria do Carmo Vieira)

Vinte mil assinaturas Obedecer é como confessar que nada valho. Henry Thoreau A frase que serve de epígrafe a este texto reflecte a profunda amizade que criei com o escritor norte-americano, desde a leitura da sua obra Desobediência Civil. Uma frase que interiorizei e aprendi de cor, ou seja, no seu sentido etimológico, aprendi de …

Continue reading

Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2018/05/11/um-acto-de-resistencia-por-maria-do-carmo-vieira/