Out 16 2016

120.765 destinatários

Caros membros da Causa “Não queremos o Acordo Ortográfico!”:

Como talvez seja já do V. conhecimento, a Assembleia da República aprovou, no passado dia 20 de Julho, alterações importantes à Lei 17/2003, que regula as Iniciativas Legislativas de Cidadãos:
1) Deixa de ser necessário o número de eleitor, passando a ser necessária a data de nascimento.
2) O número de assinaturas necessário para uma ILC baixa de 35.000 para 20.000.
3) Além da subscrição tradicional em papel, as assinaturas passam a poder ser recolhidas também por via electrónica.

Neste contexto, ficam a faltar-nos “apenas” 5.000 assinaturas para que consigamos o nosso objectivo de entregar a ILC no Parlamento.

Em face desta nova realidade, a ILC-AO mobilizou-se, criando um formulário que permite subscrever a Iniciativa sem necessidade de papel, envelopes ou selos do correio.

Basta ir a http://ilcao.com/?page_id=19213 e submeter os seus dados, utilizando para tal um endereço de e-mail válido.

Para conhecer em pormenor a história desta nova vida da ILC, sugerimos que visite o site www.ilcao.com e leia os artigos mais recentes, em especial o que tem por título, precisamente, “A nova vida da ILC” http://ilcao.com/?p=19052, bem como os que se lhe seguiram.

Ler, assinar, divulgar continua a ser o nosso lema. Já era possível “ler” e “divulgar” através da internet. A partir de agora, está mesmo tudo nas nossas mãos.

Atenciosamente,

Rui Valente


Esta foi a “carta” enviada em 16 de Outubro de 2016 aos 120.765 apoiantes da ILC-AO na plataforma “Causes”. Não sabemos quantos dos destinatários a terão recebido, até porque a dita plataforma parece estar com imensos problemas, mas o facto é que a mensagem foi enviada e esse envio foi por nós divulgado em diversos suportes… como agora, por aqui.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2016/10/16/120-765-destinatarios/

8 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Salvador Nogueira on 19 Outubro, 2016 at 15:45
    • Responder

    Má ideia

    A ligação de ‘Caros membros da Causa’ é dirigida ao Fbook
    um ambiente onde eu -e muito boa gente- nunca porá os pés.

    1. Pode aderir à plataforma Causes através das suas credenciais FB ou criando um utilizador com o seu endereço de e-mail + password. No texto acima, todas as ligações apontam para a referida plataforma ou para este mesmo “site”; nenhuma aponta para o Facebook.

    • Salvador Nogueira on 19 Outubro, 2016 at 15:50
    • Responder

    Também seria bom saber qual o crescimento da adesão
    para não se criarem expectativas sem fundamento
    e
    para permitir outras Iniciativas no caso de esta ter
    estiolado

    1. Se ler qualquer uma das publicações mais recentes (de Julho de 2016 em diante) por certo perceberá que o que se passa é precisamente o contrário: esta Iniciativa não estiolou, renasceu. Também aí encontrará referência à nossa vontade de dar conta das subscrições já recolhidas e das que viermos ainda a recolher, como não podia deixar de ser, assim que estiver completo o levantamento dos dados das assinaturas em papel. Em todo o caso, a ideia que tenho é que ninguém até hoje se sentiu minimamente inibido na sua capacidade de iniciativa contra o AO pelo facto de existir a ILC. Seria uma novidade.

        1. A ligação que me envia é um aviso do FB a perguntar se quer… sair do FB para ir à Causes. Como não tem conta no FB, é possível que este lhe pergunte se, antes de sair, não quer entrar… imagino que seja isto o que lhe aparece. Em todo o caso, o mais estranho nem é isso — é que editei o artigo, inclusivamente em html, e confirmo que a frase que refere não contém essa ligação — nem essa nem qualquer outra. Como seria de esperar, não consigo sequer reproduzir no meu computador o que acontece consigo e não tenho qualquer explicação para esse fenómeno.

          Há de facto uma via para o FB, carregando em certos pontos da imagem que está no cabeçalho — o que é normal, visto que é uma imagem da minha partilha nessa rede social. No que se refere à ligação no início do texto, o máximo que posso fazer é assegurar-lhe que não a coloquei lá…

        • Salvador Nogueira on 19 Outubro, 2016 at 20:21
        • Responder

        Apenas sugiro que em lugar de destaque -logo que estejam satisfeitas a exigências que refere- apareça publicado o número de signatários de modo a encorajar a adesão.
        Regozijo-me pelo facto de não ter estiolado, não sabia, como ninguém saberá…
        e não me parece desejável que o encorajamento que desejo que se faça deva ter que ser procurado em textos espalhados ‘por aí’.

        1. Como lhe disse, essa é a nossa intenção. De resto, o melhor sítio para encontrar notícias sobre a ILC é aqui, no ilcao.com — ainda que toda a informação seja reproduzida, a posteriori, no F… hã… “por aí”.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.