Em Português de Portugal

PTPTLogo_43csmall RE_Logo_43cB&Wthumb

[na barra de comandos, click na “roda dentada” e seleccione legendas/CC “Portuguese (Portugal)”]

Temos vindo a publicar aqui, recentemente, alguns vídeos legendados com traduções nossas para Português de Portugal (“Português-padrão” ou “Português europeu”). Reunidos agora na sequência automática (“playlist”) que pode ver em cima, 6 pequenos vídeos, todos eles de alguma forma relacionados com a ortografia, realizados pela plataforma americana TED-Ed.

Qualquer pessoa, mesmo não sendo profissional de tradução, pode inscrever-se numa ou em várias das plataformas, serviços e sistemas de produção ou de tradução de vídeos (TED, Amara, YouTube, Vimeo etc.) e começar imediatamente – isto é, assim que for aceite a sua inscrição, o que não é aliás nada difícil – a traduzir ou a criar de raiz legendas em “Portuguese (Portugal)”, isto é, em legítimo Português.

Os direitos de autor prevalecem sempre e em qualquer caso; o tradutor é o autor… da tradução; por conseguinte, esta não poderá ser alterada por outrem. Para todos os cidadãos não pode restar qualquer espécie de dúvida nesta matéria: podem (e devem), perfeitamente, seguramente, convictamente traduzir para Português correcto tudo aquilo que entenderem.

Fica o desafio.

Logo Template - RE_Logo_43c

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2014/11/07/em-portugues-de-portugal/

3 comentários

    • Basílio on 8 Novembro, 2014 at 12:09
    • Responder

    Deixo este ‘link’ convosco porque acho-o interessante, expressa eventualmente uma das razões porque o Português sofre uma pressão para remover acentos e simplificar a escrita.

    Supercomputador Watson vai estar disponível em português
    http://poweruser.aeiou.pt/noticias/supercomputador-watson-vai-estar-disponivel-em-portugues/

    • Somenos on 10 Novembro, 2014 at 14:43
    • Responder

    Fica o desafio de escreverem “carregue” ou “seleccione” ao invés de “click”, “lista de reprodução” ao invés de “playlist”. Já agora, escrevam “artigo” ao invés de “post” e “correio electrónico” ao invés de “e-mail”. De uma maneira geral, fica o desafio de escreverem em português os termos bárbaros para os quais existem termos em português.
    Bem-hajam.

  1. ‘simplificar a escrita’
    O sórdido que passa nas televisões, tipo tortura, está 70.000 palavras mais afastado do Inglês do que o Português anterior ao sórdido. O sórdido na realidade está afastado de qualquer linguagem.

    ‘acentos’
    Não sei qual o problema dos acentos para o Watson. Um computador funciona a zeros e uns. Até podes fazer uma linguagem apenas com acentos. Ou assentos. Ou o que quiseres, primo. Até podem ser os ‘carateres’ que tú muito gostas.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.