Pedro Tamen subscreveu a ILC

Pedro Tamen nasceu em 1934. É poeta e tradutor.

Mas não é ser carpinteiro,
não é ser caminheiro,
não é ser marinheiro o que mais me inquieta.
Nem é poder esquecer
a pulga, o ornitorrinco.
O que mais me inquieta, Senhor,
é não ter a certeza,
ou mais ter a certeza de não valer a pena,
é partir já vencido para outro mundo igual.

(Citação parcial do poema NOÉ, de “Analogia e Dedos”, 2006)

Enviou para alguns dos seus contactos um email de divulgação da ILC, citado no blog de um dos destinatários, em que escreve:

«Se, como eu, considera o Acordo Ortográfico um grave disparate, sugiro-lhe que vá ao site

https://ilcao.com/

e que, se assim o entender, se junte ao movimento e o divulgue.»»

Pedro Tamen nasceu em Lisboa, em 1934 e estudou Direito na Universidade de Lisboa. Entre 1958 e 1975 foi director da Editora Moraes e depois, até 2000 (data em que se retirou da actividade profissional), administrador da Fundação Calouste Gulbenkian. Foi também dirigente cine-clubista, professor do ensino secundário e director-adjunto de uma revista de actualidades. Fez crítica literária no semanário Expresso. Foi presidente do P.E.N. Clube Português (1987-90). Foi membro da Direcção e presidente da Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Escritores. Tem poemas traduzidos e publicados em francês, inglês, espanhol, italiano, alemão, neerlandês, sueco, húngaro, romeno, checo, eslovaco, búlgaro e letão.
Tem desenvolvido uma intensa actividade de tradutor literário e obteve em 1990 o Grande Prémio da Tradução. Foi duas vezes finalista do Prémio Europeu de Tradução. Traduziu recentemente À la Recherche du temps perdu, de Marcel Proust.
A sua obra poética, iniciada em 1956 com Poema para Todos os Dias (Ed. do Autor, Lisboa) encontra-se reunida em Retábulo das Matérias (Gótica, Lisboa, 2001). Posteriormente,publicou os livros Analogia e Dedos (2006) O Livro do Sapateiro (2010) e Um Teatro às Escuras (2011). Em 1999 foi publicado um disco-antologia intitulado Escrita Redita (poemas ditos por Luís Lucas; Ed. Presença / Casa Fernando Pessoa).
À sua poesia foram atribuídos o Prémio D. Dinis (1981), o Prémio da Crítica (1991), o Grande Prémio Inapa de Poesia (1991), o Prémio Nicola (1997), o Prémio Bordalo da Imprensa (2000), o Prémio do PEN Clube (2000), o Prémio Luís Miguel Nava (2007) e o Prémio Inês de Castro (2007).

[Transcrição integral de biografia publicada no site de Pedro Tamen.]

Subscreveu a Iniciativa Legislativa de Cidadãos pela revogação da entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990.

Nota: esta publicação foi autorizada pelo subscritor.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2011/02/16/pedro-tamen-subscreveu-a-ilc/

1 comentário

  1. Pedro Tamen sabe do que fala e bate-se contra o disparate com uma elegância que eu, trauliteiro que sou, não consigo ter. Sem desprimor para mais ninguém, é um nobilíssimo cavaleiro desta causa e um exemplo para tanto plebeu deslumbrado…
    Obrigado ao Pedro Tamen!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.