“A triste anedota” [por João Roque Dias, Facebook, 06.08.14]

FB_logoA TRISTE ANEDOTA DA ORTOGRAFIA EM PORTUGAL

No ponto 7 da Resolução n.º 8/2011 do Conselho de Ministros (que pôs em marcha o aborto ortográfico em Portugal) lê-se:

«Determinar a criação de uma rede de pontos focais para acompanhamento da aplicação do Acordo Ortográfico composta por um representante nomeado por despacho do membro do Governo responsável pela área dos negócios estrangeiros, das finanças, do procedimento legislativo, da educação, do ensino superior, da cultura e dos assuntos parlamentares.»

TRÊS ANOS DEPOIS:

1. Alguém conhece UM despacho com estas nomeações?
2. Alguém conhece o nome dos “focalistas ortográficos”?
3. A Academia das Ciências já se insurgiu contra isto?
4. Cavaco (que gosta de encher a boca com a Língua Portuguesa) já chamou alguém a Belém?
5. Os deputados já fizeram alguma coisa?
6. O ILTEC já começou aos gritos?
7. A Edviges já começou à estalada (a mesma que achava que os alunos fossem prontamente punidos se não escrevessem acordês)?
8. Malaca já falou sobre isto?
9. Os acordistas já se desgrenharam todos?
10. O cibercoiso já rasgou as vestes?

Até quando iremos ver o Estado a gozar com a ‘res publica’ e com todos nós?

[Transcrição integral de um “post” no grupo Facebook “Acordo Ortográfico Não“, da autoria de João Roque Dias, publicado em 06.08.14. “Links” acrescentados por nós.]

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2014/08/06/a-triste-anedota-por-joao-roque-dias-facebook-06-08-14/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.