Carlos Fiolhais subscreveu a ILC

fotoCFsmallCarlos Fiolhais nasceu em Lisboa em 1956. Licenciou-se em Física na Universidade de Coimbra em 1978 e doutorou-se em Física Teórica em Frankfurt/Main, Alemanha, em 1982. É Professor Catedrático no Departamento de Física da Universidade de Coimbra desde 2000. Foi professor nos Estados Unidos e no Brasil.

É autor de 140 artigos científicos em revistas internacionais (um dos quais com mais de 10000 citações, o artigo mais citado com um autor numa instituição nacional) e de mais de 450 artigos pedagógicos e de divulgação. Publicou 42 livros, entre os quais os best-sellers ‘Física Divertida’ e ‘Nova Física Divertida’, ‘Breve História da Ciência em Portugal’, e os mais recentes ‘Darwin aos Tiros e outras Histórias de Ciência’ e ‘Pipocas com Telemóvel e outras Histórias de Falsa Ciência’ (os dois últimos com David Marçal), na Gradiva; ‘Ciência em Portugal’, ensaio na Fundação Francisco Manuel dos Santos; série de livros de ciência infantil ‘Ciência a Brincar’, na Bizâncio (em co-autoria); numerosos manuais escolares na Texto Editores (em co-autoria); manual universitário ‘Fundamentos de Termodinâmica do Equilíbrio’, na Gulbenkian (em co-autoria); etc. Os dois primeiros tiveram edições internacionais na Espanha, Itália e Brasil, assim como alguns livros da série ‘Ciência a Brincar’. Foi ainda autor de 18 capítulos de livros e de 24 prefácios, editor de 5 livros científicos em edição internacional e tradutor de 8.

Os seus interesses científicos centram-se na Física Computacional da Matéria Condensada e na História das Ciências. Foi fundador e director do Centro de Física Computacional da Universidade de Coimbra, onde procedeu à instalação do maior computador português para cálculo científico. Tem coordenado vários projectos de investigação e supervisionado vários estudantes de mestrado e doutoramento. Participou em numerosas conferências e colóquios promovendo a ciência e a cultura científica. Criou e dirige o ‘Rómulo’ – Centro da Universidade de Coimbra.

Dirigiu a revista ‘Gazeta de Física’ da Sociedade Portuguesa de Física e é membro de comissões das revistas de Física internacionais (presidiu em 2011 ao Conselho Científico do ‘European Physical Journal’). Foi Director do Centro de Informática da Universidade de Coimbra – CIUC, Presidente do Conselho de Investigação do Instituto Interdisciplinar da Universidade de Coimbra – III, membro do Conselho Científico da Fundação para a Ciência e Tecnologia – FCT e é membro dos corpos gerentes do Forum Internacional dos Investigadores Portugueses- FIIP. É colaborador regular dos jornais ‘Público, As Artes Entre as Letras’ e ‘Jornal de Letras’. Foi consultor dos programas ‘Megaciência’ e ‘ABCiência’ para a SIC e RTP e do Museu de Ciência da Universidade de Coimbra. Foi Director da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (que tem a marca de “Património Europeu”), onde concretizou vários projectos relativos ao livro e à cultura, e do Serviço Integrado de Bibliotecas da Universidade de Coimbra – SIBUC , onde criou os repositórios digitais ‘Estudo Geral’ e ‘Almamater’. É actualmente responsável pelos programas de Educação e de Ciência e Inovação da Fundação Francisco Manuel dos Santos. Dirige a colecção ‘Ciência Aberta’ da Gradiva. É co-fundador da empresa ‘Coimbra Genomics’. É co‑responsável pelo blogue ‘De Rerum Natura’.

Ganhou vários prémios e distinções: em 1994 o Prémio União Latina de tradução científica, em 2005 o Globo de Ouro de Mérito e Excelência em Ciência de 2004 atribuído pela SIC; em 2005 a Ordem do Infante D. Henrique; em 2006 os Prémios Inovação do Forum III Milénio e Rómulo de Carvalho da Universidade de Évora; e em 2012 o prémio 2012 para o melhor artigo pedagógico na área da Física no espaço ibero-americano.

Carlos Fiolhais subscreveu a Iniciativa Legislativa de Cidadãos pela revogação da entrada em vigor do “acordo ortográfico”.

Veja a nossa “galeria” de subscritores, activistas e apoiantes.

[Nota: esta publicação foi autorizada pelo subscritor, que nos remeteu, expressamente para o efeito, as respectivas nota biográfica e fotografia.]

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2013/02/15/carlos-fiolhais-subscreveu-a-ilc/

7 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Excelente «contratação»! 😉 Bem vindo!

    • Gonçalo P. on 15 Fevereiro, 2013 at 22:12
    • Responder

    Um dos maiores crânios deste país… tinha que ser com toda a certeza contra o “aborto”

    • Hugo X. Paiva on 16 Fevereiro, 2013 at 2:34
    • Responder

    Para quando um texto?

    1. Hugo X. Paiva: Esperamos que para muito em breve 🙂

    • Maria do Carmo Vieira on 17 Fevereiro, 2013 at 11:35
    • Responder

    Soube agora da notícia pela minha colega Ana Silva, que ousa inteligentemente não cumprir o AO na Escola. Um forte abraço de boas-vindas, Carlos Fiolhais. Sabia que era contra o AO, mas assinar a ILC é um gesto profundamente importante e expressivo. A ILC será uma demonstração de que não queremos andar a brincar à cidadania tão continuamente apregoada. Quando, apesar de apontados, nos recusamos a dizer que 2+2= 5, lembrando Orwell, contagiamos todos com a nossa Força e com a nossa Vontade de não desistir. Bem-haja!
    Maria do Carmo Vieira

    • Ana Isabel Buescu on 17 Fevereiro, 2013 at 19:16
    • Responder

    Óptima notícia, a da presença de Carlos Fiolhais como subscritor da ILC! E parabéns à Ana Silva pela coragem de ir contra o AO nas escolas, que foi onde os acordistas “morderam”, à falta de argumentos científicos, para querer tornar o facto consumado. Não deixaremos!

    • Maria José Abranches on 19 Fevereiro, 2013 at 13:16
    • Responder

    Obrigada, Professor Carlos Fiolhais! Porque é preciso que os que quiseram descredibilizar os opositores ao AO90 – chamando-lhes “antiquados”, “retrógrados”, avessos ao “progresso”, incapazes de compreender a “evolução” – ENTENDAM de uma vez por todas que são eles os “atrasados” e os “ignorantes”, além de “vendidos”!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.