«Os políticos não são donos da Língua!» [Maria José Abranches]

TshirtFVistaPrint«Porque é que sendo o PDR um partido novo, que se assume como democrático, se apressa a prestar vassalagem ao Acordo Ortográfico de 1990 (AO90), indefensável e nefasto do ponto de vista linguístico – como todos os especialistas ‘independentes’ têm afirmado e demonstrado e como todos os dias podemos verificar, pela verdadeira vandalização da nossa língua que está a promover?

Este AO90 – que foi negociado na sombra, sem nos consultar e sem ter em conta os pareceres dos especialistas, e que o poder político nos tem vindo a impor com toda a prepotência, silenciando a discussão e o debate e recusando atender à forte resistência dos cidadãos – é um crime contra a língua materna dos portugueses e é um crime contra a democracia que recuperámos com o 25 de Abril! Os políticos a quem damos os nossos votos não são ‘donos’ da língua de Portugal!»

[Comentário de Maria José Abranches no “site” de um partido político.]

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2015/03/18/os-politicos-nao-sao-donos-da-lingua-maria-jose-abranches/

1 comentário

  1. Porque, cara Maria José Abranches, pretendendo esta nova agremiação política de Marinho e Pinto recuperar o «espírito» – mas esperemos que não a conduta – do Partido Republicano de Afonso Costa, que logo em 1911 tratou de alterar, radical e totalitariamente, a ortografia, compreende-se que estes seus «herdeiros» se submetam alegremente a mais um delírio do mesmo género.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.