Literatura de “fição”

ficao1

«É a obra de fição vencedora do concurso Labjovem 2011, na categoria de literatura.»

RTP Açores


ficao2

«“Revolução Paraíso”, uma obra de fição situada no 25 de abril, marca a estreia literária de Paulo M. Morais.»

Dinheiro Vivo


ficao3

«Venceu um “prémio Especial pulitzer”, categoria proposta depois do juri não se decidir se categorizava Maus como uma obra de fição ou biografia.»

FNAC


ficao4

«Trata-se de uma obra de fição com traços biográficos, em que o protagonista Simon Muchat, um autor de banda desenhada bloqueado por uma crise criativa, vai a uma festa de família em Portugal, terra dos seus antepassados, numa viagem em busca das suas raízes portuguesas.»

berlinda.org

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2015/01/05/literatura-de-ficao/

2 comentários

    • Jorge Teixeira on 6 Janeiro, 2015 at 14:11
    • Responder

    Aquilo que era evidente confirma-se todos os dias. Nem assim as pessoas despertam do torpor em que estão.

  1. Todos os dias chocamos com exemplos destes na comunicação social, na publicidade, em livros técnicos e de “fição”, nos quadros das escolas… E perante estes belíssimos exemplos de português para atrasados mentais, o que fazem os directores dos jornais e os professores de Português? Nada… ou muito pouco. Há até quem ria e encolha os ombros, com a desculpa de que isto veio para ficar.
    Os responsáveis por este país parecem mergulhados na mais profunda narcolepsia. Esta sonolência excessiva é a causa do triunfo da iliteracia e da imbecilidade que nos rodeia. Um bom exemplo disto é a programação televisiva dos canais nacionais: lixo atrás de lixo. Quando é que as pessoas vão despertar deste estado? Receio que nunca.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.