O Porto aqui tão perto…

IMG_1878Mais uma vez, a velha Heidelberg da tipografia Damasceno, em Coimbra, fez correr de novo tinta pela ILC. Do seu tabuleiro saíram mais 4.000 boletins de subscrição. Ainda tentámos os 5.000, a exemplo da operação levada a cabo em Coimbra, mas a crise financeira obriga a que se faça esta campanha por etapas.

De qualquer modo, o boletim aparece agora com uma nova capa, mais aguerrida. Trata-se de uma edição especial, de combate, que começará já amanhã a ser distribuída pelas caixas de correio do Porto.IMG_1877 A fotografia não ficou grande coisa mas o que se vê em cima do balcão são duas caixas cheias, contendo os impressos já dobradinhos.
hat1

O dia de sol que se anuncia convida a um passeio pelas ruas da cidade.

Porto, aí vamos nós!

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2013/05/02/o-porto-aqui-tao-perto-2/

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Luís Ferreira on 2 Maio, 2013 at 23:51
    • Responder

    Eu quero contribuir para essa despesa.
    Por favor coloquem aqui o NIB.

    1. @Luís: A ILC é constituída por voluntários. Cada um faz o que pode, consoante o que pode, sem quaisquer contribuições externas (uma forma de garantir a completa idoneidade). Mas que tal fazer algo parecido na sua zona (mesmo que a muito menor escala, por exemplo só no seu bairro, ou mesmo só na sua rua)? Essa seria uma excelente forma de contribuir para a iniciativa 🙂

  1. Caro Luís Ferreira, muito obrigado pelas suas palavras. Desde logo pelo voto de confiança implícito mas também, e acima de tudo, pela sua disponibilidade para fazer mais do que simplesmente subscrever a ILC. Oxalá mais militantes possam seguir o seu exemplo. De resto, como muito bem diz HC, a ILC é feita no dia-a-dia, graças ao contributo dos cidadãos que a subscrevem — na verdade, a ILC nem sequer tem um NIB. A sugestão de HC é realmente a melhor forma de intervenção porque só assim o seu contributo se soma efectivamente às demais acções de divulgação da ILC. Se quiser ou puder “ir para o terreno”, excelente: teremos todo o gosto em partilhar consigo a nossa experiência.

    • Luís Ferreira on 6 Maio, 2013 at 18:28
    • Responder

    Também imaginava que a ILC não tem NIB. Mas quem gastou dinheiro com a distribuição, tem, certamente. Eu só queria “ajudar” nas despesas. Só isso…

  2. Luís Ferreira, por favor, não me interprete mal. O seu gesto revela uma generosidade rara, que muito agradeço. O problema é que não é possível “apresentar contas” de uma acção que ninguém nos pediu para fazer. Pessoalmente, eu não me sentiria bem nesse papel e, por coincidência (ou talvez não…), tem sido essa a prática de todas as pessoas que tenho conhecido na ILC. Isto não significa que estejamos em posição de desperdiçar recursos — pelo contrário, toda a ajuda é preciosa. A sugestão para que “faça você mesmo” era apenas uma forma de pôr em prática a sua disponibilidade para ajudar sem termos de entrar em questões de tesouraria…
    De resto, a sugestão mantém-se: se tiver uma ideia que gostaria de ver posta em prática na sua área de residência, vá em frente. Na medida das nossas possibilidades, conte connosco para a debater e para ajudar a concretizá-la.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.