“Adetos” “mais” não muito

«Boa noite.
Se quiserem, mais uma “entrada a pés juntos”…
»
Rui Moura
RTPadetos

«Boa tarde.
Envio-vos uma foto de uma notícia que estava a passar agora na SIC Notícias. Leiam o título e vejam onde se encontra o erro….
»
Rui Moura
SISmasmais

Ambas as imagens são da autoria de Rui Moura, que as enviou em anexo a mensagens para o “mural” da ILC no Facebook.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2013/02/12/adetos-mais-nao-muito/

4 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Jorge F. on 12 Fevereiro, 2013 at 21:14
    • Responder

    Viva o Aborto Ortográfico!
    Viva o analfabetismo!
    Viva a estupidez!
    Demos graças aos excelsos cérebros, “adetos” da facilitação do português. Graças às sumidades como o Malaca Casteleiro estamos hoje muito melhor do que estávamos.

    Só não vê quem não quer.

    • Elmiro Ferreira on 13 Fevereiro, 2013 at 0:16
    • Responder

    E a SIC, senhores, “adeta” duma coisa destas!

    • hippie on 13 Fevereiro, 2013 at 1:56
    • Responder

    triste, no mínimo.
    De quem é a culpa?
    Do infeliz profissional que já nem sabe como escrever?
    -A culpa é do estipulado, que anda fóra do pôvo.
    Desses gajos que esqueceram a alegria.

    Provavelmente será o estipulado que vai despedir mais um inocente,
    que anda confuso.

    Jorge F. – é nojento. Concordo contigo.

    https://www.youtube.com/watch?v=R2xRYw3DmRY

    • José on 13 Fevereiro, 2013 at 18:07
    • Responder

    Aos poucos vão entrando nos jornais portugueses certas palavras de uso corrente no Brasil. Se pela mão de jornalistas brasileiros, ou pela mão da estupidez dos de cá, isso não sei. Sei é que já li em jornais nacionais a palavra sumiu em vez de desapareceu. E conosco em vez de connosco. Como no Brasil chamam Netuno ao planeta que nós conhecemos por Neptuno, é possível que um dia destes encontremos aquele nome nas páginas dos jornais. Tal como premiê… em vez de primeiro-ministro.

  1. […] fato, no momento certo”. Quanto aos *contatos e às *seções, veremos. Não esqueçamos os *adetos e outras singulares ocorrências. A novidade para alguns espíritos será a de que a doutrina dos […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.