Onde assinar a ILC: Restaurante “Bota Velha”, Lisboa

Situado na nº 38 da Rua Domingos Sequeira, próximo da Basílica da Estrela, numa das zonas mais características de Lisboa (Lapa-Campo d’Ourique), o Restaurante Bota Velha oferece, desde 1974, um espaço agradável para se comer e conviver.

Aberto até às 2.00 da manhã, com zona de fumadores numa das suas três salas, nele encontramos comida portuguesa confeccionada pelo proprietário e fundador, Senhor Frederico Augusto Marques, que conta com a colaboração do seu filho, Carlos Filipe Marques, artista plástico, e de um funcionário, Senhor Albano.

No Bota Velha também se divulga e assina a Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico de 1990, pois é um daqueles locais onde o nome de Portugal é tratado com veneração.

Todos os da casa assinaram. E esperam a visita de quem queira assinar também. Com petiscos, um copo e dois dedos de conversa. É assim, por aquelas bandas. À antiga portuguesa!

Paulo Jorge Assunção

A partir de agora também ali poderá subscrever a ILC pela revogação da entrada em vigor do “acordo ortográfico”.

Mais um estabelecimento no mapa dos locais de recolha de assinaturas!

Se possui um estabelecimento e pretende apoiar a iniciativa, basta fazer download do cartaz e do impresso de subscrição para que os seus clientes possam subscrever a ILC. Depois remeta-nos um cartão-de-visita da casa para que ela apareça também neste mapa.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2012/10/24/onde-assinar-a-ilc-restaurante-bota-velha-lisboa/

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Mas, afinal, quando avança esta ILC? Já a assinei há mais de 1 ano.

  2. @VG: Avança assim que houver as assinaturas necessárias. Se quiser ajudar a recolher subscrições e/ou a divulgar, será mais rápido. Obrigada.

  3. Excelente. Estava reticente em enviar por correio, com medo que se extraviasse o impresso, pois os correios portugueses não merecem muita confiança, mas assim já posso entregar em mão.

  4. Terei o maior gosto em ajudar, mas vivo fora da cidade, num círculo muito pequeno, rodeado de gente que não liga muito a estas coisas. Farei o possível.

  5. @VG: Obrigada! 🙂

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.