«A aberrante “ortografia”» [carta de Octávio dos Santos]

———- Forwarded message ———-
From: Octávio dos Santos octaviodossantos@gmail.com
Date: 2012/10/12
Subject: Re: FW: CONVITE Prius InterPares # 13.Outubro.2012 – Os híbridos vão a Serralves
To: Relação Clientes – TCAP <relacao.clientes@toyotacaetano.pt>

Cara M**** J**** M******,

obrigado pela sua resposta. Porém, e infelizmente, porque continuam a utilizar a aberrante «ortografia» que, totalitariamente, alguns tentam impor à população portuguesa – que, segundo todos os indicadores, está maioritariamente contra a dita cuja – a Toyota Caetano Portugal, e, neste caso concreto, a senhora, continuam a ofender-me.

Que eu saiba, a vossa empresa não é pública, não é uma entidade estatal. Logo, não tem de se submeter, em qualquer circunstância, aos delírios de uma (falta de) classe política e de uma burocracia cada vez mais descontroladas.

Sem dúvida que os veículos Toyota são de elevada qualidade. Sendo assim, porque utilizam um «linguajar» completamente oposto a essa qualidade, ordinário, pindérico, mais adequado a um Trabant?

Já agora, posso informar que o meu sogro – que conduz Toyota’s há 40 anos! – recebeu recentemente um convite da Lexus para um «VIP Event» no Prior Velho. Mais valia, de facto, terem-no redigido em inglês… Lá lemos «selecionado», «outubro», «excecional»… Resultado? Se eu estou a pensar – muito seriamente, volto a dizer – ir à Honda, o meu sogro está a considerar acompanhar-me.

Uma última sugestão: pense muito bem antes de voltar a integrar alguém (eu, ou outra pessoa) num qualquer «arco-íris». É que tal expressão pode ter outras … conotações.

Cumprimentos,

Octávio dos Santos

http://ilcao.cedilha.net


2012/10/11 Relação Clientes – TCAP <relacao.clientes@toyotacaetano.pt>

CR-0682-12

Caro Sr. Octávio dos Santos

Registamos com atenção o contacto que o senhor dirigiu à nossa organização.

Preza-nos que o senhor seja proprietário de uma viatura da marca Toyota em particular um híbrido que a nosso ver contribui muito positivamente para uma maior sustentabilidade da sociedade em que nos inserimos.

Asseguramos que não é nem nunca foi, intenção da Toyota Caetano Portugal, ofender qualquer pessoa em circunstância alguma, muito menos por via da ortografia que utilizamos.

O enfoque da nossa atividade, é de proporcionar produtos e serviços da maior qualidade possível aos clientes que optam pela nossa marca. Esta continuará a ser a premissa essencial dos nossos esforços, associado a um respeito profundo por todas as pessoas, instituições e opiniões que compõem o arco-íris da nossa sociedade.

Agradecemos a atenção e subscrevemo-nos com a maior consideração.

M**** J**** M******

CS&CR

Departamento de CRM & BI

Toyota Caetano Portugal

Av. Vasco da Gama, 1410 – 4431-956 Vila Nova de Gaia

Tel: +351227867000 – Fax: +351227867213 – Ext. 2543

www.toyota.pt


De: Octávio dos Santos [mailto:octaviodossantos@gmail.com]
Enviada: terça-feira, 9 de Outubro de 2012 22:14
Para: Comunicação – TCAP Gaia
Assunto: Fwd: CONVITE Prius InterPares # 13.Outubro.2012 – Os híbridos vão a Serralves

«Atividades»? «Direção»? «Elétrica»?

Então a Toyota – e a Salvador Caetano – também se submeteram ao ilegítimo, ilegal, inútil, ridículo, abjecto, «acordo ortográfico»?

Tenho um Prius desde 2008; aliás, há 20 anos que conduzo Toyotas (antes passaram-me pelas mãos um Yaris Verso e um Starlet). Porém, agora, arriscam-se a que, da próxima vez que mudar de automóvel, vá à Honda.

OdS


———- Forwarded message ———-
From: L**** C****
Date: 2012/10/9
Subject: Fwd: CONVITE Prius InterPares # 13.Outubro.2012 – Os híbridos vão a Serralves
To: Octávio dos Santos octaviodossantos@gmail.com

[Troca de correspondência publicada com autorização expressa de Octávio dos Santos.]

[Foto publicada por SuperFM no Facebook. Autor desconhecido.]

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2012/10/22/a-aberrante-ortografia-carta-de-octavio-dos-santos/

6 comentários

6 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Pedro Marques on 22 Outubro, 2012 at 22:46

    Lá se vão dois clientes, só por causa da mania de se ser obediente, ou ir atrás do que supostomanete lhe chamam progresso. Mas nenhum dos acordos ortográficos fez progredir a língua, mas enfim, é continuarmos a lutar.

  1. É preciso não desistir. Estas reclamações são muito importantes. Em estabelecimentos com livro de reclamações devemos escrever e fundamentar com as leis em vigor. As multinacionais, os bancos, etc. devem ser fustigados com reclamações assim. Não podemos poupar-nos a este trabalho porque assim cativamos mais gente a mexer-se. E devemos boicotar o mais possível as compras a estes tratantes. É a única forma de aprenderem.
    Cumpts.

    • Maria Manuela Lopes Félix Costa on 23 Outubro, 2012 at 10:15

    BENDECE, quem diria, e eu estou a dizer: “..DA-SE”!
    Para esta, não é classe, é claque de gente o AO90 será óptimo. Também para pessoas de alto nível que nunca souberam escrever ou emigrantes que vêm para cá e não conseguem assimilar a língua portuguesa, é 5 estrelas. Porém, para os verdadeiros portugueses, ou quem teve que estudar mesmo, senão não passava os anos, nos estabelecimentos de ensino portugueses, isto é pura afronta! Abaixo com este AO90!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Alfredo on 23 Outubro, 2012 at 15:13

    Viva averdadeira língua de Camões e abaixo as aberrações dos “nossos políticos”!

    • Jorge Teixeira on 24 Outubro, 2012 at 15:04

    Também mandei uma rabecada parecida ao banco onde tenho conta através das reclamações no respectivo site. Mas não me responderam.

  2. Rabecada a banco.
    http://biclaranja.blogs.sapo.pt/641218.html
    Não foi a primeira. Não há-de ser a última.
    Cumpts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.