Mais “Público”

click na imagem para a ampliar

click na imagem para a ampliar

Em especial nas últimas edições, e sobretudo desde que Vasco Graça Moura mandou anular a “adoção” do AO90 no CCB, têm aparecido no jornal “Público” diversas repercussões às notícias centrais sobre o assunto, desde comentários dos leitores aos ecos na “blogosfera”, passando até pelo “Bartoon” do cartoonista Luís Afonso.

click na imagem para a ampliar

click na imagem

A notícia “Graça Moura dá ordem aos serviços do CCB para não aplicarem o Acordo Ortográfico” foi não apenas a mais lida como também a mais comentada no site do jornal, naquele dia e mesmo nos dias seguintes.

Nos comentários em destaque, é claro, mantém-se a média nacional: três quartos contra e um mísero quarto a favor do AO90.

Quanto aos “blogs” citados, temos o Jugular, contra a decisão de VGM, o It’s PR Stupid!, a favor, e o Atenta Inquietude, também a favor.

Ou seja, nos “blogs” a coisa fica pelos 2/3 para 1/3, também é o costume, confere.

Nota: os conteúdos publicados na imprensa ou divulgados mediaticamente que de alguma forma digam respeito ao “acordo ortográfico” são, por regra e por inerência, transcritos no site da ILC já que a ela dizem respeito e são por definição de interesse público.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2012/02/06/mais-publico/

2 comentários

  1. Sintomático. A «adoção» vê-se que azeda.
    Cumpts.

    • J.E. Neves Costa on 11 Fevereiro, 2012 at 19:37
    • Responder

    Este triste, medíocre, e ridículo “Acordo”, enferma de uma doença antiga e crónica em Portugal: quando parece que em matéria de Cultura, finalmente, as coisas vão melhorar um pouco no país, eis que do negrume mesquinho de uma certa indigência mental lar-var ainda existente, surge esta aberração linguística, exibindo toda a sua ignorância e jactância, tentando impor aos incrédulos cidadãos deste país, que “democráticamente” não foram tidos nem achados para o assunto, uma “evolução” da língua portuguesa que nos vai, isso sim, envergonhar a todos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.