«

»

Mai 30 2015

Imprimir Artigo

“Concetualizar” as “conceções” de “objetos retais”

concetualizar«depois de digerir o que aconteceu em 2013, concetualizar o que seria o evento de 2014»
Mais Futebol (“site”)


concecoes«conceções e práticas pedagógicas dos professores do 1.º CEB»
Universidade do Minho (dissertação de Mestrado)


objetos_retais«existe o tema objetos retais estranhos»
Correio da Manhã

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2015/05/30/concetualizar-as-concecoes-de-objetos-retais/

3 comentários

  1. Jorge Pacheco de Oliveira

    Se os promotores do AO respeitassem as recomendações que muitos de nós lhes fazemos, seria possível observar, numa radiografia feita a qualquer deles, o texto do AO bem enroladinho metido nesse sítio…

  2. José

    Essa do “texto do AO bem enroladinho metido nesse sítio…” foi bem metida. Opinião de JPO que, devidamente acompanhada com fotografia ou cartoon, dava um óptimo cartaz (susceptível de ser reproduzido em T’shirts). Aqui fica a ideia para quando a luta anti-acordo se radicalizar.

  3. Jorge Pacheco de Oliveira

    A luta contra o AO tem mesmo que se radicalizar, caro José. E uma hipótese seria essa, distribuir T-shirts com as imagens dos acordistas mais conhecidos, naquela posição em que, segundo reza a lenda, os alemães perderam guerra, com um cidadão anti-AO por detrás, de martelo na mão, a meter-lhe o manual do AO, bem enroladinho, onde a gente quer que eles o metam. Só para lhes recordar que, se não vai a bem, vai a mal…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>