«Trata-se apenas de bom-senso» [Alexandra Azambuja, Facebook]

FB_AO1

Contrariando um dos mitos sobre o AO – que é um assunto arrumado, que as pessoas não se importam com isso, que só meia dúzia de velhos do Restelo são contra – 144 comentários bateram todos os recordes na minha página…

Apesar de saber que em estatística isto não tem valor, acredito no contágio positivo e fiquei feliz de saber que tantas pessoas que nunca comentaram nada na minha página se deram ao trabalho de responder.

Importarmo-nos com um assunto diz alguma coisa de nós, diz do que é importante, diz que o AO não é um tema fechado e diz que decisões só porque foram tomadas, não significa que tenham sido boas ou correctas.

Estamos sempre a tempo de pedir a suspensão do AO e mostrar que afinal um tema que eram favas contadas pode voltar atrás, se isso for melhor para todos nós enquanto povo, enquanto utilizadores da Língua.

Não há nada de Velho do Restelo em ser contra o AO.

Trata-se apenas de bom-senso.

Nada mais.

Se isto vos deixou a pensar que o vosso vizinho, colega de trabalho, amigo, ou simples conhecido do FB afinal se calhar também não concorda com o AO, que tal replicar o post da pergunta na vossa página?

Muita gente a importar-se publicamente com um assunto dá força a quem tenta travar o disparate. Vamos lá?

[Transcrição de comentário (público), em 16.11.14, de Alexandra Azambuja a um seu próprio “post” (público) na “rede social” Facebook.]

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2014/11/17/trata-se-apenas-de-bom-senso-alexandra-azambuja-facebook/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.