A Gramática do Português em migalhas

Isto é de tal forma inacreditável que… só ouvindo! Como se costuma dizer, contado ninguém acredita.

O vídeo foi publicado no dia 2 e não no 1.º de Abril, portanto não será uma brincadeira do chamado “Dia das Mentiras”. Mas lá que parece, ah, sim, pois parece mesmo uma brincadeira. De péssimo gosto, é claro, ainda por cima sendo contada por um tal “dr. José Maria da Costa”, que se apresenta como “graduado em Direito, Letras e Pedagogia” e diz que “esclarece dúvidas da Língua Portuguesa” numa “coisa” (brasileira) chamada TV Migalhas.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2014/04/04/a-gramatica-do-portugues-em-migalhas/

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Novamente se conclui que o acordita apenas teve em consideração a pronúncia da variante americana do Português.

  2. Efectivamente na sua pronúncia tão indiferenciada, não há distinção. Os defensores do AO em Portugal é que ainda não se dedicaram a tentar entender porque é que este é uma aberração para a pronúncia portuguesa.

    • Maria José Abranches on 4 Abril, 2014 at 23:56
    • Responder

    “Acordo ortográfico de 2008” (três vezes!)? Este “cara” está muito bem informado! Vale tudo, desde que “pareça” científico… “Com papas e bolos se enganam os tolos…”

    • Luís Ferreira on 9 Abril, 2014 at 9:10
    • Responder

    Este grupo de pessoas está associado numa espécie de carbonária da Língua!

    Cada um ajuda conforme pode. Se formos ministro ou deputado fazemos papéis legais, se formos director de meio de comunicação social mandamos obrigamos, se formos chefe de repartição ameaçamos ou denunciamos, se formos palerminhas usamos. Há sempre forma de contribuir. É preciso é que a Língua seja liquidada, no final.

    A carbonária da língua está muito bem organizada e só os palerminhas, deixando de o ser, podem evitar que se assassine a língua.

  3. Moços como este são nossos amigos. Graças a eles muitos ficam a perceber melhor o ‘Português’ da açorda ortográfica. Obrigado Galera, pelo contributo!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.