Um desconto igual à insanidade

vodafoneotica

[Imagem (“print screen”) de página do “site” da Vodafone, tirada às 14:15 horas de 20.02.14.]

priberamoptica1

[Imagem (“print screen”) de página do “site” da Priberam, tirada às 14:16 horas de 20.02.14.]

“Click” nas imagens para as ampliar. Os “links” abrem em nova “página”.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2014/02/20/um-desconto-igual-a-insanidade/

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • María Oliveira on 20 Fevereiro, 2014 at 15:18
    • Responder

    Eu sei que o post é sobre o jogo “óptico/ótico”, eu sei, mas apesar da analogia com o assunto “visão/audição”, a mim só me ocorre uma alegoria: o “acordo ortográfico” com corpo de aluno de escola primária salazarista, de batinha branca e ar rejeitado, sentado a um canto da sala de aulas, de castigo e com as respectivas “orelhas de burro”! Mas não haverá artista plástico que me entenda por aí? Era preciso ironizar com este trambolho do AO90, devolvê-lo à sua condição de cabulador, de fraude, de aleijão, mesmo que personificado numa criancinha, que para politicamente correctos já basta a meia dúzia de milhões de eleitores portugueses que, mansinhos, esperam por D. Sebastião…

    • Jorge Teixeira on 20 Fevereiro, 2014 at 16:41
    • Responder

    O antecessor do AO90, o projecto de AO86 do Malaca Casteleiro (de que o AO90 é uma espécie de “versão reduzida”) foi destruído por um fabuloso artigo de Miguel Esteves Cardoso.
    Parece que 1986 é um ano demasiado longínquo onde ainda havia vergonha.

    1. O texto de MEC, 1986: http://ilcao.com/?p=2913

    • José on 21 Fevereiro, 2014 at 15:13
    • Responder

    Revi o fabuloso artigo que MEC escreveu há quase trinta anos… Infelizmente, o embuste por muitos denunciado, continua activo e a fazer vítimas.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.