Brasil adia AO90 para 1 de Janeiro de 2016

governo_federal_do_brasil1DECRETO No 7.875, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2012

Altera o Decreto no 6.583, de 29 de setembro de 2008, que promulga o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, D E C R E T A :

Art. 1o O Decreto no 6.583, de 29 de setembro de 2008, passa a vigorar com as seguintes alterações:

“Art. 2o ………………………………………………………………………..
Parágrafo único. A implementação do Acordo obedecerá ao período de transição de 1o de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2015, durante o qual coexistirão a norma ortográfica atualmente em vigor e a nova norma estabelecida.” (NR)

Art. 2o Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 27 de dezembro de 2012; 191º da Independência e 124º da República.

DILMA ROUSSEFF

[Transcrição integral de decreto publicado no “Diário da União” (órgão oficial do Governo brasileiro) de 28.12.12.]

[Nota: este “post” foi apagado pelo “host” do domínio (WebHS), tendo sido depois recuperado/recomposto e republicado por nós. Qualquer comentário ao mesmo desapareceu também neste “apagão” inopinado, pelo qual não somos nem fomos responsáveis. De qualquer forma, mesmo sendo alheios ao sucedido, aqui ficam as nossas desculpas.]

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2012/12/28/brasil-adia-ao90-para-1-de-janeiro-de-2016/

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Jorge Pacheco de Oliveira on 30 Dezembro, 2012 at 9:12
    • Responder

    É curioso esse apagão. Pois eu gostaria de colocar aqui novamente o meu desaparecido comentário. Embora não consiga reproduzir na totalidade as minhas palavras, o que disse tinha a ver com o facto de a actual presidente do Brasil se auto designar como a “presidenta”, com um “a” no fim e se isso significaria que o anterior presidente, Lula da Silva, passaria a ser designado como o “presidento” com um “o” no fim.

    1. Esse apagão ficou a dever-se a uma “intervenção de manutenção” por parte do “host” do domínio cedilha.net. Fomos avisados da dita intervenção (que seria feita de madrugada e duraria “no máximo 4 horas”) mas não fomos evidentemente avisados, porque isso seria impossível, sobre o facto de a base-de-dados deste site ter sido perdida durante o processo; posteriormente os técnicos daquele serviço de “hospedagem” recuperaram o “backup” de dois dias antes; logo, tudo o que havia desses dois dias perdeu-se. São coisas que acontecem, digamos assim, e mesmo sem termos nós outros a mais ínfima réstia de responsabilidade no caso apresentámos desculpas aos visitantes do site e aos subscritores e apoiantes da ILC.

    • Elizabeth P G on 30 Dezembro, 2012 at 19:39
    • Responder

    Sem comentários…Como diria uma amiga: “eu anseio por um mínimo de normalidade”, ou em outras palavras, “eu desejo muitíssimo por uma normalidade minimamente possível”!

    • joaquim on 10 Janeiro, 2013 at 18:27
    • Responder

    Tenho orgulho na língua que falo e essa é Portuguesa! Vejam só “regime de fato”, ???? Esta pequena frase vinha hoje, noticiando situação na Venezuela. E o burro sou eu…

    • Maria José Abranches on 10 Janeiro, 2013 at 23:38
    • Responder

    Chamo a atenção dos portugueses para os termos usados neste decreto: «a norma ortográfica atualmente em vigor e a nova norma estabelecida». A Presidente considera “em vigor” (e muito bem) a ortografia estabelecida no Brasil pelo “Formulário Ortográfico” de 1943. Por cá, os promotores do AO90, falam de “ortografia antiga”, quando se referem à ortografia entre nós em vigor e resultante do Acordo Luso-Brasileiro de 1945 (que o Brasil rejeitou). Por cá, a tolice não tem limites!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.