A “inteletualidade” da “inteletual” Natália Correia

inteletualidade

«Inteletual, poetisa e ativista social, autora de extensa e variada obra publicada, com predominância para a poesia, Natália Correia (Natália de Oliveira Correia) nasceu a 13 de setembro de 1923, na Fajã de Baixo, ilha de S. Miguel –Açores. »

«Fundou em 1971, com Isabel Meireles, Júlia Marenha e Helena Roseta, o bar “Botequim”, onde durante as décadas de 1970 e 1980 se reuniu grande parte da inteletualidade portuguesa.»

Notáveis dos Açores

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2015/01/20/a-inteletualidade-da-inteletual-natalia-correia/

1 comentário

  1. Imagino a reacção de Natália Correia se, à saída de um qualquer botequim, lhe dissessem que era uma “ativista” social e uma figura ímpar da “inteletualidade” portuguesa… Certamente responderia que sim, mas que “a grandeza dos Açores extravasa, largamente, a geografia do arquipélago”, bem como o servilismo de quem assim não fala, mas escreve.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.