A bandeira do “Português unificado”

PTBRimagensFBDuo Milano (Itália), visitas turísticas [foto via Facebook*]

PTBRgoogletranslateGoogle Play, dicionário (para telemóveis)

PTBRappannieAPP Annie“, aplicações (dispositivos móveis)

babbelBabbel“, e-learning (ensino a distância)

PTBRduolingDuolingo“, e-learning (ensino a distância) [via “Pearltrees“]

PTBRadobe
Multilizer“, tradutor de documentos PDF

PTBRgoogletranslateGoogle Translate Flags widget for Blogger“, tradução automática para “blogs”

[* Foto da página Facebook “Contra o Aborto Ortográfico, em Imagens“]

Estes são apenas alguns exemplos, é claro, como amostra e para ilustração. Muitos outros casos semelhantes existem por aí; e não apenas na Internet, como se vê na primeira imagem.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2013/11/24/a-bandeira-do-portugues-unificado/

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Neste momento estou em França, e descobri que há muita gente a querer aprender Português. Na verdade, querem aprender o brésilien… Pelo menos fazem a distinção.

    • Jorge Teixeira on 25 Novembro, 2013 at 14:30
    • Responder

    A mim não me choca nada que seja esclarecido que as coisas estão em português do Brasil. O que me choca é que se queira impingir aos portugueses que não há diferenças entre português do Brasil e português de Portugal. O inglês dos EUA é mais parecido como inglês do UK do que o português do Brasil com o de Portugal e ninguém quer impingir ao Reino Unido o inglês dos EUA.

  2. Mais 50 anos e dois acordos ortográficos, e a língua oficial de Portugal (se ainda existir) será o Brasileiro. Com deputados e Presidentes como o que actualmente temos, isso é mais do que certo.

    • Jorge Pacheco de Oliveira on 25 Novembro, 2013 at 23:01
    • Responder

    O que se tem passado em torno da ortografia da língua portuguesa revela bem a forma como o Brasil não tem respeito algum por Portugal. Os brasileiros terão as razões que entenderem para justificar a sua atitude, mas o problema é mais nosso do que deles.

    De facto, ninguém tem respeito por quem não se respeita si próprio e a posição das autoridades portuguesas nesta questão do acordo ortográfico constitui uma colossal falta de respeito por todos os portugueses. É impossível que essas mesmas autoridades não se apercebam da contrariedade e revolta com que tem vindo a ser recebida a tentativa de imposição deste acordo ortográfico em Portugal.

    Ignorar o sentimento dos portugueses acerca da escrita da sua própria língua, constitui uma prova clara, a juntar a outras que frequentemente se observam, de que nem o Governo nem a Assembleia da República respeitam os cidadãos nacionais.

    E em face deste comportamento contumaz das nossas autoridades, a exigência de respeito pelas escadarias da Assembleia da República tem o seu quê de ridículo.

    • Inspector Jaap on 26 Novembro, 2013 at 16:41
    • Responder

    Eis a mais ridícula manifestação visível da cagada do malacaca; mas alguém pensa que a alimária vai desinchar do seu orgulho ou dormir mal? Só quando isto der a volta e alguém o for buscar para lhe mostrar a janela; se a preciosidade ainda souber alguma coisa da História de Portugal, do que duvido fortemente, já que o Ipiranga está fora do horizonte do Terreiro do Paço, vai perceber.
    Que corja!
    Cumpts

  3. Acrescento um outro site com a nova língua “portugueseiro”: http://www.remax.pt
    Observem as línguas disponíveis.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.