WikiLusa

Bem-vindo(a) à WikiLusa, uma enciclopédia escrita em colaboração com os leitores. Este sítio utiliza a ferramenta Wiki, que permite a qualquer pessoa, inclusive você, melhorar de imediato qualquer artigo clicando em editar no menu superior de cada página. Se tiver dúvidas como editar clique em ajuda de edição (no fundo da página). Sim, você também pode editar!.

A Wikilusa em língua portuguesa começou em Julho de 2008 a partir de novos artigos, a revisão e validação do conteúdo de versões da Wikipédia lusófona e Inglesa. A comunidade vem crescendo de dia para dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.

‘A WikiLusa surge em 2008 pela necessidade de defesa e alargamento dos critérios de inclusão editorial, privilegiando defesa e preservação do português nativo como património imaterial e intangível, sem contudo desrespeitar outras fonias.’

Surgiu no período em que o conflito de edições entre as versões brasileira e portuguesa se mesclavam em infindáveis batalhas editoriais e em que praticamente saía um único vencedor em fastidiosas e viciadas propostas de votação – os editores do Brasil.

Neste contexto a criação da Wikilusa quis demarcar-se de poderosos e ávidos interesses na rápida implementação do Acordo Ortográfico na plataforma, como forma de minimizar os referidos conflitos de edição, muito antes de promulgados os respectivos diplomas legais, sobretudo no país de origem, Portugal, tendo como se constata resultado num crescente abrasileirar de conteúdos disponibilizados na actual Wikipédia e num claro e rápido empobrecimento da língua mãe.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2012/09/24/wikilusa/

3 comentários

  1. A Wikipaedia não presta. Aquilo anda tomado por uma visão camoneana do Mundo. Tem uma pala no olho direito… Coutada de panfletários, ainda por cima em crioulo. Quando leio ali alguma ninharia, divirto-me a abrir a página de edição com o Fox Replace activo; ao depois gravo-a, o que faz com que lá fiquem as alterações operadas pelo mecanismo do Fox Replace. É só para implicar com os guardiães da coisa que se logo apressam a rebaixar a ortografia para o nível do crioulo.
    Aquilo é uma nódoa.
    Cumpts.

    • Maria Miguel on 25 Setembro, 2012 at 0:30
    • Responder

    ‘A WikiLusa, votos de Prosperidade!
    Bem haja!

  2. Viva o Ódio lusitano heheheheheheh
    Saudações Brasileiras!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.