De: “Lusofonias” Para: “ignorantes da Nação”

Isto é uma imagem (“screenshot”) de email recebido do endereço lusofonias@lusofonias.net (do site http://lusofonias.net/). Se algum “ignorante da Nação” quiser responder…

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2012/03/04/de-lusofonias-para-ignorantes-da-nacao/

17 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. se o governo referendar o AO, veta-lo-ei com todo prazer, considerando eu que consigo escrever mais ou menos de acordo com as normas estabelecidas…

    • Vitriólica on 4 Março, 2012 at 23:52
    • Responder

    Eu até respondia: mas por um lado não quero que o remetente sucumba ao peso da minha ignorância, por outro não quero sujeitar o meu teclado à violência que sinto naspontas dos dedos, e sobretudo não estou interessada em ter qualquer espécie de contacto com pessoas que escrevem todo um texto em maiúsculas e desconhecem o uso correcto dos sinais de pontuação…

  2. Eu acho que não é para se levar a sério qualquer provocação vinda de um português que apregoa a todos os ventos a sua nacionalidade australiana, e que ostenta em cima da mesa nos colóquios da lusofonia a bandeira da Austrália.

    • Mary Zaidan on 5 Março, 2012 at 1:23
    • Responder

    Sou brasileira, jornalista e apoio qualquer movimento contra este acordo maluco que avilta o português, nossa língua mãe, e destrambelha o filhote, o brasileiro. Língua não se faz com leis. Se faz com uso, com leitura, literatura. Deixem o nosso português em paz, seja em Portugal, no Brasil, ou em Macau.

    Um grande abraço.

  3. Alguém, um acordita (percebe-se), guincha apavorado dos ignorantes lhe estragarem a lusofonia. Tadinha da lusofonia à mercê do bom povo, quando foi inventada por e para ser atrelada somente a bestas de alto coturno.
    A estatística da grandiosa lusofonia aqui: http://biclaranja.blogs.sapo.pt/585628.html .

  4. Esse acordo anda mais sujo que pau de galinheiro.

    • Maria José Abranches on 5 Março, 2012 at 16:37
    • Responder

    Chamada de atenção destinada a este “sábio universal” – convém informar-se correctamente: “… antes ou depois do Acordo de 1911 …”?!!! Não foi “acordo” nenhum! E convém não misturar dois conceitos muito diferentes, no âmbito linguístico, geográfico e político: uma coisa é uma “reforma” e outra é um “acordo”!
    Em 1911, foi adoptada em Portugal uma Reforma Ortográfica preparada por uma comissão altamente prestigiada, nomeada pelo Governo, após a implantação da República, a 5 de Outubro de 1910.

    • Gonçalo Pinto on 5 Março, 2012 at 19:34
    • Responder

    Lamento, mas isto parece inventado. Não estou a ver o governo a dispender tantos recursos num referendo ao acordo ortográfico.

    Claro que se o fizesse, provava que é um governo democrático e que respeita a vontade do povo. E, infelizmente, acho que iria ser aprovado…

    • Madalena Homem Cardoso on 5 Março, 2012 at 20:24
    • Responder

    Dr. Chrys Chrystello é uma pessoa douta da “Lusofonia” (seja o que for que tal signifique), que escreve sobre Vasco Graça Moura nestes termos, sem dúvida incluindo-o no lote dos ignorantes que teme… IPSIS VERBIS: “Também é estranhíssimo que alguém que nunca leu um livro, pode [!] fazer considerações sobre o mesmo, ao ponto de o achar ‘perfeitamente detestável’? Agora que ao [!] homem tem as costas quentes…, lá isso tem.” (sic) – Facilmente aqui se reconhece VGM, e é o esplendor da… Lusofonia…! :P”
    http://coloquioslusofonia.blogspot.com/2012/02/vasco-graca-moura-ataca-o-nosso-patrono.html

    Eis a composição dos órgãos sociais da Associação Internacional dos Colóquios da Lusofonia (AICL), de que José Chrys Chrystello (também é José, afinal, mas abrevia…) é Presidente da Direcção, e de que João Malaca Casteleiro é Presidente da Mesa da Assembleia Geral…
    http://coloquioslusofonia.blogspot.com/p/mesa-da-assembleia-geral-direcao.html

    A taxa de Chrystellos “per capita”, na organização destas coisas lusófonas, é mera coincidência, deriva directamente da densidade demográfica dos Chrystellos em São Miguel e na diáspora…
    http://coloquioslusofonia.blogspot.com/p/comissao-executiva.html

    Os Três Patronos (e sócios fundadores da AICL): Concha Rousia (Galiza) / Evanildo Bechara (Brasil) / João Malaca Casteleiro (Portugal)…
    Abrir aqui “VIEW” nos “BIODADOS DOS PATRONOS”:
    http://lusofonias.net/cat_view/86-aicl/116-aicl-normas.html

    ‎…O que é certo é que se aproxima a passos largos este importante evento lusófono, que eventualmente trará Chrys da terra dos cangurus ao concelho de Lagoa, na ilha de São Miguel, para acolher outra “patrona”, Maria de Jesus Barroso, e homenagear alguns vultos da literatura açoriana lusófona (presumo que “já” com obras modernaças, em “acordês”…):
    http://www.radioatlantida.net/noticias/2012/01/09/17o-coloquio-da-lusofonia-decorre-na-lagoa-entre-30-de-marco-e-04-de-abril.php

    Veja-se a vídeo-entrevista deste paladino da liberdade (aliás, não só ele, também a família!):
    http://pglingua.org/especiais/aglp/1668-video-entrevista-ao-professor-chrys-chrystello

    Termino dando réplica a uma frase notável de Chrys Chrystello, no texto do primeiro “link” aqui colocado: “Embora contrariados há que acompanhar esta comédia da direita portuguesa ortodoxa! Lamento tomar o tempo precioso de vocês.” (sic) – Eheheh… Pois…! Mas que não lamente. Nós, ignorantes, temos contacto permanente com a mais crassa iliteracia… lusófona… de vocês! ;o)

  5. Ena! Que nojo!

    • Luís Ferreira on 6 Março, 2012 at 0:33
    • Responder

    Enviaram-me há pouco um “link” com um gozo muito bem escrito.
    Penso que se estes senhores lerem o texto vão estar da acordo com a sugestão que lá vem escrita e ainda se vira o feitiço contra o feiticeiro: 🙂

    http://abibliotecadejacinto.blogspot.com/2009/08/o-acordo-ortografico-e-o-futuro-da.html

    • António Cabral on 6 Março, 2012 at 11:49
    • Responder

    Também recebi esse email. Solicitei que me retirassem da lista de destinatários, com a indicação de que ‘estou farto de ser insultado’. Responderam imediatamente que o meu nome fora retirado. Mas a verdade é que depois disso continuei a receber aqueles toscos emails de hossana ao AO. Seja tudo em desconto dos meus pecados.

    • Inspector Jaap on 6 Março, 2012 at 17:52
    • Responder

    Peço desculpa, que, se calhar, é da gripe:
    Esse correio electrónico existe mesmo? E foi enviado? É que então respeitem-me que eu devo ser um sábio do “coiso”, já que nada recebi…
    Alguém que me queira esclarecer, por favor, será por mim muito agradecido.
    Cumpts

    1. A imagem do email recebido não foi, evidentemente, manipulada.

    • Inspector Jaap on 6 Março, 2012 at 18:03
    • Responder

    E, já agora, gostaria de remeter todos os nossos companheiros para esta ligação:
    http://aeiou.expresso.pt/acordo-ortografico-sera-inscontitucional=f704127.
    Cumpts

    • Luís Ferreira on 7 Março, 2012 at 0:06
    • Responder

    Mais um link interesante:

    http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/4086284.html

    • Inspector Jaap on 7 Março, 2012 at 11:35
    • Responder

    @JPG
    Nem tal me (nos, permito-me dizer), passaria pela cabeça; de facto, não é só o amor à Língua Portuguesa que nos distingue dessa gente, mas também a honradez intelectual que é coisa da qual eles nem conseguem perceber.

    @Vitriólica.
    Concordo inteiramente… só uma alimária que “escreve” daquela maneira, é que se arroga o direito se chamar aos outros ignorantes… pois se nem se enxerga…
    E andamos nós a perder tempo e energias com tal romboedro…
    Cumpts a ambos

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.