Van Luchiari apoia a ILC

Van Luchiari é escritora, poetisa, cantora, compositora, pintora, desenhadora e fotógrafa. Vive em S. Paulo, Brasil.

Música. Compositora de Instrumentos, vozes, palco, luzes, canto, melancolias, pincéis, silêncios, cores, design, asas, cavernas, tintas, fotografia, sinfonias, melodias, rimas, prosa, versos, telas, imaginação, abismos, tempestades, morangos, raios, artes, decoração, mão-na-massa, blogs, poesias, escritos, sonhos, quereres… Observadora de Estrelas, de mãos, de chuvas, de olhos, de almas, de percepções, de profundidades, de Picassos, Matisses, Mirós. Fazedora de artes, encantamentos, balangandãs, sorrisos, drinks… Equilibrista de distâncias, palavras, aprendizados, cristais, ventanias, cordas, pés descalços, nudez, erotismos e baratos afins…

[Transcrição integral de perfil Blogger.]

Não subscreveu, por não ter nacionalidade portuguesa, mas apoia incondicionalmente a ILC contra o AO90.

Nota: esta publicação foi autorizada pela pessoa visada.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2011/04/13/van-luchiari-apoia-a-ilc/

11 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Brasileiro com orgulho on 14 Abril, 2011 at 15:38
    • Responder

    Como bom português, você deveria estar mais preocupado com a situação econômica do seu país, trabalhar para tentar salvar teu país da bancarrota. Vá trabalhar para gerar empregos e renda em seu país, ao invés de ficar reclamando do acordo ortográfico…

  1. Caro Brasileiro com orgulho,
    O facto de há mais de 18 ano ter iniciado uma empresa que agora emprega 55 pessoas, tem um volume de negócios superior a 6,5M€ (mais de 14,85M de Reais, fiz a conta para não lhe dificultar a vida…) e com lucros em toda a sua existência, não me impede de ter tempo de protestar contra um Acordo que reduz a língua ao seu mínimo denominador comum, ou seja, à forma em que a língua é maltratada e afastada das suas raízes para que alguns possam errar à vontade e escrever “mais” quando na realidade querem escrever “mas” por serem incapazes de distinguir entre a forma como escrevem e como falam. Infelizmente isso significará que os meus netos não saberão que devem abrir o “e” em “directo”, que a ordem “Pára!” nada tem a haver com o simples “para”, apenas porque alguns “apagados” (chamer-lhes “iluminados” era um absoluto contrasenso porque nitidamente a inexistência de luz ou vislumbre de brilhantismo é óbvia) decidiram que fazia sentido assassinar uma língua rica e plena de nuances em favor de uma simplificação idiota.
    Melhores cumprimentos, caro membro de um país onde a pobreza extrema e a corrupção não existem, onde não se matam florestas para um lucro rápido, e onde não se sabe que “você” articula com “seu” e “tu” com “teu”… mas isso era dificultar-vos a vida demais…

  2. @ brasileiro orgulhoso
    Já que é brasileiro fique-se com seu orgulho e deixe-me o meu que, para mim, vale mais.
    Português

  3. Caro Brasileiro com orgulho (orgulho do quê já agora? de viver num país que Portugal colonizou e manteve unido até aos dias de hoje com as riquezas naturais que tem?).

    Orgulho de viver num país, que apesar de ser 100 vezes maior em área que Portugal e 20 vezes mais população, em que cada habitante, além de ter 5 vezes mais área por pessoa, essa área é extremamente rica em recursos, um país que tem 40% da água potável mundial, tem a Amazónia que andam a destruir, Petróleo, pedras preciosas, minérios, tanta diversidade de seres vivos, tanta praia boa para o turismo (apesar de terem muito menos turistas que Portugal), tanta terra para cultivar e tão boa para o cultivo, enfim, apesar de cada Brasileiro ter 5 vezes mais área por pessoa do que Portugal, e área bem mais rica em recursos, produz menos de metade do que cada Português produz???

    Se nós agora tivéssemos 5 vezes mais área por pessoa como os Brasileiros têm, teríamos um PIB per capita não de mais do dobro mas sim 10 vezes superior aos Brasileiros. E se tivéssemos essa terra rica em recursos naturais, produziríamos não 10 vezes mas sim umas 50 ou 100 vezes mais que cada Brasileiro em proporção.

    Portugal, que não tem nem petróleo, nem essa vasta área, que não tem esses minérios, essas pedras preciosas, essa diversidade de seres vivos, não tem essa matéria prima toda, consegue que os seus habitantes produzam ainda assim mais do dobro por pessoa que um Brasileiro?

    O que andaram a fazer durante os quase 200 anos de independência? 200 anos ainda não chegaram, com tanta riqueza natural, para atingir o patamar de um simples Português? Exporta-se mais ouro do Brasil por semana agora que todo o ouro que Portugal alguma vez levou quando Brasil era Português (e assim com direito a ele)…

    Tanta riqueza transformada em quê? Num país que tem frequentemente a maior taxa de homicídios por ano/dia do mundo? Tantos milhões na miséria? Tantos analfabetos? Tanta destruição e desrespeito pela Amazónia que já levou os USA a ponderar a hipótese de tentarem que a Amazónia seja considerada património mundial e expropriá-la do Brasil (sim, há por lá nas fronteiras tipo um guarda por cada 500 km, e é só tiroteios na zona do Acre e afins)…

    O que é que têm produzido? Pobreza? Analfabetismo? Destruição da língua mãe? Ainda me custa a perceber porque dizem “deletar” (do “delete” Inglês) em vez de “apagar”. É mais “chique”? Está na moda?

    Brasil que esteve tanto tempo nas mãos do FMI, e só agora conseguiu ficar melhorzito, está a tentar gozar-nos por termos sido alvo de um ataque especulativo por parte das agências de rating Americanas? Saberão por acaso que o Reino Unido tem o maior déficit estrutural da Europa, e que andam a cortar tudo o que podem para sobreviver, e que a única coisa que os mantém em cima é o facto de as Agências de Rating lhes darem notas máximas? Portugal tinha um deficit externo como o do Brasil há bem poucos anos. Só porque alguns políticos gastaram mais do que deviam e de repente somos atacados, passamos a ser pouco produtivos? O nosso país está no topo mundial em exportação de produtos como mármore, cortiça, azeite, e tanta outra coisa. Temos mais reservas de ouro ganhas durante o século XX do que o Brasil tem! Uns 40 mil milhões de reais!

    Se colocassem as taxas de juro ao Brasil a uns 10% como fizeram a Portugal, Brasil teria de pedir ajuda ao FMI. Que tristeza, um Brasileiro aqui a gozar um país que foi atacado, cujas suas taxas de juro foram elevadas a níveis incomportáveis e levado a pedir ajuda ao FMI. Aconselho-o, caro Brasileiro com orgulho (orgulho do que eu falei acima???), a ler isto: http://economico.sapo.pt/noticias/portugal-foi-vitima-de-pressao-injusta-e-arbitraria-de-mercados-financeiros_115916.html

    E talvez perceba que se um dia o Brasil for atacado desta forma violenta também, será levado a pedir ajuda externa. E já agora, Bancarrota onde? Onde é que Portugal deixou de pagar algo? Que eu saiba não entrou em Bancarrota.

    Agora até fiquei com pena, de saber que as empresas Portuguesas, investiram nos últimos anos dezenas de milhares de milhões de reais no Brasil, levando tecnologia ao Brasil (como a Portugal Telecom com a VIVA, OI e outras), como a EDP, como CIMPOR, como muitas outras. Levámos tecnologia ao Brasil, ajudámos-vos a desenvolverem-se, investimos em vocês (apesar de o Brasil que é tão maior nunca ter investido em Portugal nada de jeito), e a paga que temos por vos termos ajudado a sair da miséria, é um pobre e mal agradecido (e pelos vistos dotado de alguma ignorância) Brasileiro que vem aqui achar-se muito produtivo.

    Se o Brasil com um ataque destes afundaria e teria de pedir ajuda ao FMI, se o Brasil em 200 anos de independência só fez o país estar com dezenas de milhões de pessoas na miséria, com recordes mundiais de criminalidade e homicídios, com TÃO HORRÍVEL PRODUTIVIDADE (sim porque um país 100 vezes maior que Portugal, com tanta área mais por pessoa do que nós temos, e com TANTA RIQUEZA NATURAL, estar a produzir menos de metade do que um Português produz em 200 anos, É OBRA!!!).

    Nem que um Português se esforçasse, conseguiria fazer tão mau trabalho!!!

    Caro Brasileiro com orgulho, desejais um exemplo de algo onde Portugal mandou, desenvolveu, e que esteve com Portugal até ao ano 2000? MACAU!!! A ex-colónia de que Portugal se orgulha, não é o Brasil. O Brasil assim que pôde ficou independente, e só faz asneira atrás de asneira, e sendo o país mais rico em recursos naturais do mundo, é dos mais pobres e com mais injustiça social. Vejam Macau. Funciona tão bem, que as pessoas NEM IMPOSTOS PAGAM! É o Casino do Oriente, montes de turismo, cheio de desenvolvimento. Brasil??? Enfim. Se os Portugueses tivessem o Brasil até ao fim do século XX como tiveram Macau, o Brasil seria agora os novos EUA…

    Como é que o povo Brasileiro conseguiu fazer tamanho estrago num país tão rico, que Portugal colonizou, lutou por ele para o defender de ataques e manter unido, que Portugal tanto gostou e ainda apoia até aos dias de hoje, como é que vocês foram capazes de tornar o Brasil num país tão miserável para o seu povo e com tão pouca produtividade? Às vezes sinto que foi um erro mandar os nossos prisioneiros, prostitutas, e tudo o que tínhamos de mal em Portugal para o Brasil (os vossos antepassados). Se tivéssemos mantido a colónia com Portugal até aos dias de hoje, esse país seria tudo o que os nossos antigos reis desejaram dele.

    Orgulho do quê? Que raios fizeram vocês pelo Brasil? Só não me rio porque a situação é tão má e entristece-me tanto que não sei o que fazer…

    Ahh o Brasil cresceu 6% num ano e 7% no outro? Começou agora a ter algum desenvolvimento? Que bom! 😀 Mas sabem, Portugal teve largas décadas com um crescimento médio de 6% a 7% ao ano, e apenas temos ainda mais do dobro do que vocês têm em riqueza por pessoa (sim meus caros, ainda têm muito que crescer para chegar a algum lado, 2 anitos não são nada).

    Ahh, já sei, orgulho do Futebol, não é? Sim, realmente nos dois únicos jogos oficiais entre Portugal e Brasil, em 1966 perderam 3-1 quando o nosso Eusébio ensinou o vosso Pelé a jogar à bola, e agora 0-0. Nos dois jogos conseguiram empatar uma vez e não perderam as duas. Sim, nisso dou-vos algum valor. Mas sabem? Se querem estar ao nosso nível no futebol, por cada Cristiano Ronaldo (melhor jogador do mundo há 1 ano), e José Mourinho (melhor treinador do mundo), vocês deveriam ter 20 Cristianos Ronaldos e 20 Josés Mourinhos, para estarem ao nosso nível em proporção, é que vocês são 20 vezes mais!

    E deveriam ter 20 vezes mais prémios Nobel do que nós temos (já tivemos na Literatura, Medicina). Ou seja, já deveriam ter 40 prémios Nobel para estarem ao nosso nível, porque têm 20 vezes mais pessoas. Mas têm quantos? ZERO? Ahh, então o orgulho não deve vir daqui.

    Deixai-me ver. Orgulho da terra que Portugal colonizou e manteve unida e cheia de riquezas que agora são vossas? Bem, disso não podem ter muito orgulho, porque ninguém pode ter orgulho só porque nasceu num país, orgulho temos em algo que NÓS fazemos, e quanto muito teriam orgulho os antepassados de Portugal.

    Orgulho de 200 anos de História? Portugal é país independente há uns 900 anos, tem as fronteiras mais antigas da Europa, já existe Portugal há mais de 1400 anos como reino e condado, e já existe designação de Portucale há mais de 2000 anos, os Césares de Roma tinham frases sobre nós enquanto Lusitanos e outras tribos celtiberas, etc. Bem, acho que nos vossos 200 anos a História não é muita porque os vossos monumentos históricos são Portugueses…

    Então Orgulho de quê?

    Bem… Fui ali beber água, passaram-se 5 minutos, e não me ocorre nada. Talvez me queira esclarecer, caro “Brasileiro com Orgulho”…

    Ahh já sei! Orgulho de terem a maior marca Gay do mundo? Eu não tenho NADA contra os Gays, e digo desde já que têm todo o direito a manifestarem-se. E nisso, 2 milhões de gays nas ruas a manifestarem-se numa cidade, é obra. Só se for orgulho em terem a maior comunidade gay do mundo e talvez a maior liberdade de expressão de gays no mundo? Apesar de não saber se há liberdade para eles, já que no outro dia vi uma estudante a ser expulsa de uma Universidade por estudantes em fúria no Brasil só porque ia de mini-saia… Chamavam-lhe todos os nomes! Talvez não seja orgulho na liberdade de expressão, e talvez seja apenas orgulho no número elevado de gays que têm. E nisso dou-vos os parabéns, pois eles têm direito à sua liberdade e emancipação! Nisso vocês são bons. Ahh e também nos recordes de implantes de silicone mundiais.

    Ok, mas tirando os recordes em corpos artificiais (implantes) e quantidade de gays a manifestar nas ruas, digam-me:

    ORGULHO EM QUÊ??? Nada mais me ocorre…

    PS: Ao dono desta página, peço desculpa se fui um pouco agressivo nesta mensagem mas peço que não a apague, sou um mero cidadão e acredito na liberdade de expressão. A minha mensagem não representa necessariamente a de todo o povo Português, só posso responder por mim, mas gostaria que ela aqui continuasse. Obrigado.

  4. Quanto à cantora, deixo já aqui, parece ser linda e tem uma linda voz, gostei da música. Felizmente nem todos os Brasileiros são como este caro “Brasileiro com Orgulho” que passou por aqui. Uma pessoa não representa necessariamente todo um país, e não julgo o país, e tenho bastantes amigos no Brasil. Mas há sempre ovelhas negras, e a resposta foi merecida, se algum Brasileiro a ler, olhe: foi apenas um momento de indignação, todos temos direito a momentos assim.

  5. Ena Gonçalo! Mas que grande lide! Isso é que foi cravar ferros, então aqueles dois últimos em sorte de violino puseram a praça em pé. Olé!
    [Toca pasodoble]

    • Manuela Carneiro on 16 Abril, 2011 at 12:14
    • Responder

    Falta de educação é igual a pardal. Existe em qualquer lugar.
    Esse “brasileiro” de boca fechada é um poeta. O Brasil está com muitas dificuldades também. Segurança, saúde, educação.
    A Língua é a portuguesa.É natural que o povo em Portugal não goste de mudanças. Ainda mais que NÃO FOI CONSULTADO.

    • Manuela Carneiro on 16 Abril, 2011 at 12:20
    • Responder

    Eu apóio o direito que o João Paulo Graça tem ao expor o seu pensamento.

    • Manuela Carneiro on 16 Abril, 2011 at 12:23
    • Responder

    O povo brasileiro é belo. Mas sempre tem uns carcamanos.

    Um abraço para a Van Luchiari

  6. @Manuela Carneiro, por acaso o meu nome até não é bem esse, mas não faz mal; o que interessa é que não fulanizemos isto; os ataques, mesmo ou especialmente os pessoais, são dirigidos à ILC, não à minha pessoa; pela simples razão de que é a ILC que incomoda os acordistas, colonialistas, imperialistas e parvos em geral, não sou eu.

    • Manuela Carneiro on 16 Abril, 2011 at 14:17
    • Responder

    João Pedro Graça. Desculpe o erro.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.