O porteiro ortográfico

A notícia é de hoje e tem este título: “Brasil vai ser o primeiro a aplicar o acordo ortográfico”. Na fotografia, vê-se Lula da Silva assinando, de casaco abotoado e com os óculos no bolso, algo que parece ser um papel. O curioso, além do copo de água que acompanha a suposta assinatura, é o facto de o Presidente brasileiro ter sido “flagrado” enquanto assinava o cabeçalho do tal papel.

Mas enfim, isso agora não interessa nada. Se o inenarrável site do Diário de Notícias não fosse a desgraceira pegada que é, bastaria fazer recorta&cola; assim, nada feito, há que transcrever e descrever.

Transcrevamos, pois.

Lá a notícia da assinatura propriamente dita é o mesmo, também não interessa para nada, mas há uma colateral que merece atenção. Verdadeiro documento. Um mimo.

Wikipedia muda

Esta promulgação do acordo ortográfico pelo Governo brasileiro levou a Wikipedia, uma enciclopédia de consulta livre pela Internet, a adoptar as novas regras já a partir de Janeiro de 2009. A principal intenção é reduzir as diferenças entre os dois países, disse à agência Lusa Manuel de Sousa, relações públicas da Wikipedia lusófona.

“Reduzir as diferenças ortográficas entre Portugal e o Brasil é uma forma de trazer mais paz à Wikipedia e concentrar mais esforços nos aspectos que são mais importantes, como a elaboração de mais artigos, a melhoria dos artigos existentes e não essas questões formais”, sublinhou. [Foi ele quem sublinhou estas patacoadas todas, eu cá apenas sublinhei, pacificamente, a palavra “paz”. N.d.A.]

A implementação das novas regras será feita em duas fases. “A partir de 1 de Outubro, as normas do acordo ortográfico passam a ser aceites. A partir de 1 de Janeiro do próximo ano, as normas do acordo ortográfico de 1990 passam a ser preferenciais em todas as páginas oficiais da Wikipedia em Língua Portuguesa passam a ser escritas” [sic, N.d.A.], explicou Manuel de Sousa.

DN de hoje, 01.10.08 (sem link porque não há lá disso)

Tentando manter a calma. O melhor, nestes casos, é contar até 100. Ahrhum. Um… dois… três… quatro… cinco… seis… sete…

Mas o que vem a ser isto? Mas quem é este caramelo?

… trinta e oito… trinta e nove… quarenta…

Será mesmo que tem havido guerra na Wikipedia, por causa da ortografia, e eu é que não dei por nada?

… sessenta e seis… sessenta e sete… sessenta e oito… sessenta e nove…

“Preferencial”? O que raio é “preferencial”? Vai haver filtragem ortográfica? A partir de não sei das quantas, aquilo tem porteiro linguístico, olhe, faz favor, o senhor tem cartão de cliente? Ah, pois, é que se não, tenha paciência, aqui o estabelecimento é só para quem tem cartão. Há uma tasca ali à esquina, se quiser.

… noventa e cinco… noventa e seis… noventa e sete… novent…

Mas isto é uma declaração formal de discriminação! A partir de agora, quem se recusar a escrever em “brasileirês”, é escorraçado da Wikipedia! É proscrito! Porra, é tratado como pura merda, como se estivesse à porta de uma discoteca, a discutir com um qualquer porteiro tão imbecil ou ainda mais atrasado mental do que é costume.

Mas como se atreve o gajo? Mas quem é o gajo, raios? Será avariado da pinha? Terá sido gralha do jornal? Pode lá ser! Ai eu já não posso escrever na Wikipedia? Ai é? Queria ver isso, ó caramelo, estás a ouvir?

… cento e doze… cento e treze… cento e catorze… cento e quinze…

Print Friendly, PDF & Email
Share

Link permanente para este artigo: https://ilcao.com/2008/10/01/o-porteiro-ortografico/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.